Caminhão SKT 90S aprimora a produtividade na mineração

Caminhão SKT 90S aprimora a produtividade na mineração

Por: Santelmo - M&TExpo |  Imagem: Sany do Brasil

Solução desenvolvida pela Sany aproveita os pontos positivos de outros veículos que operam na mineração  

O momento positivo da mineração brasileira — com números recordes registrados nos últimos anos — tem atraído a atenção da Sany. A empresa de origem chinesa se preparou para suprir a demanda deste mercado com tecnologia e inovação, conceitos já arraigados no setor, e está pronta para oferecer equipamentos robustos com altos índices de confiabilidade. Tudo isso sem abrir mão da sustentabilidade e do atendimento just in time, que não deixa a frota muito tempo parada.

“A estratégia é termos equipamentos capazes de atender a demanda junto de um pós-venda que entenda a criticidade da operação paralisada”, explica Thiago Brion, gerente comercial de mineração da Sany do Brasil, lembrando que outro fator muito importante é a redução de custos.

A entrada da Sany na mineração aconteceu por meio das escavadeiras, sendo que em 2020 a empresa se tornou uma das maiores fabricantes internacionais de máquina nessa categoria. No Brasil, o começo dessa história teve a participação dos prestadores de serviços terceirizados. “Por meio deles e com equipamentos de menor porte, fomos demonstrando a qualidade dos nossos produtos. Trata-se de uma solução disruptiva que vem da China e quebra paradigmas”, recorda Brion.

Em paralelo, a Sany colocava em operação em outros países uma novidade: o caminhão SKT 90S. Inicialmente indisponível no Brasil devido a algumas características técnicas que não atendiam ao mercado nacional, o veículo consolidou a entrada da empresa na mineração. De acordo com Brion, houve discussões técnicas com a equipe da China para o esclarecimento das particularidades que permitiriam o desembarque do caminhão no território brasileiro. “Essas mudanças foram feitas em cerca de três anos e o SKT 90S veio ao país em 2020”, comenta.

 

Caminhão SKT 90S 

 

Antes de trazer o veículo ao Brasil, a Sany entendia que existiam três opções de caminhões que atuavam na mineração: os rodoviários, mais reforçados e com capacidade de carga próxima de 40 toneladas; os articulados, que estão nesse setor há bastante tempo; e os rígidos, alternativa comum no segmento, mas que tem o espaço como principal limitador. Nesse meio, o tamanho do SKT 90S é parecido ao do caminhão rodoviário e a sua capacidade de carga fica próxima a de um fora de estrada. “É uma mescla das soluções que o mercado já tinha”, compara Thiago Brion.

“Muitas vezes, o cliente se encontrava em uma situação em que era necessário aumentar a capacidade de carga e produzir mais com menos. Porém, essa empresa não conseguia dar um salto tão grande porque os acessos não permitiam tal evolução”, exemplifica Brion, indicando que o caminhão da Sany é ideal para atender cenários como esse. Atualmente, o SKT 90S já pode ser encontrado na frota das mais importantes empresas do setor de mineração no Brasil.

Com manutenção extremamente simples e capacidade de carga de 60 toneladas, o caminhão tem 9 metros de comprimento, 3,7 metros de largura e 4,5 metros de altura. Possui, ainda, raio de giro de 11,5 metros — muito próximo ao do caminhão rodoviário. Tal característica melhora a manobrabilidade do veículo e elimina a necessidade de grandes praças de carga. Além disso, o motor eletrônico do tipo tier III atende aos níveis de emissão exigidos no Brasil.

Para garantir a segurança, o SKT 90S tem chapéu da báscula — exigência de alguns clientes nacionais — e a cabine ROPS/FOPS, item mandatório em algumas situações. “O veículo é automático, com freio retarder na transmissão e suspensão dianteira hidropneumática. Tudo isso com baixo consumo de combustível e vida útil prolongada”, complementa Brion.

 

Sany apresentará versão elétrica e de operação autônoma 

 

Na M&T Expo 2022, a Sany do Brasil — que tem presença confirmada entre os expositores da feira — apresentará um caminhão semelhante ao SKT 90S, mas com maior capacidade de carga. O modelo SKT 90E, que será lançado nacionalmente durante o evento, é totalmente elétrico e virá com a opção de operação autônoma. “Já temos clientes operando com essa tecnologia em outros países. Isso não é mais o futuro, mas sim o presente”, arremata Brion.

A Sany apresentou detalhes desses equipamentos no webinar “Soluções inovadoras para o mercado de mineração”, disponível na íntegra no canal da M&T Expo no YouTube. Confira: https://youtu.be/8nSCLlGGVec