Necessidade atendida

Necessidade atendida

Por Melina Fogaça
Revista M&T - Edição 253 – Maio 2021

A Sandvik apresenta seu novo sistema de perfuração, que promete redução no consumo de combustível e nos custos operacionais em mineração de superfície e pedreiras de grande porte

Estimulado pela demanda, o mercado de mineração vem ganhando destaque pela introdução de tecnologias que prometem aumentar a eficiência e a segurança das operações, ao mes­mo tempo em que buscam reduzir as emissões. É nessa pegada que a Sand­vik revela seu novo sistema de perfu­ração para furos de grandes diâmetros em mineração de superfície e pedrei­ras de grande porte.


Lançamento global da marca, o siste­ma Top Hammer XL expande a faixa de diâmetros de furos, agora de 140 a 178 mm, fornecendo de quebra um método de perfuração anunciado como “mais rápido e eficiente em termos de consu­mo de combustível”. “Testes realizados mostraram redução de 50% no consu­mo de combustível e de 25% no custo total de perfuração, com aumento na produtividade de 15% em comparação ao método DTH (Down-The-Hole)”, diz a empresa em comunicado.

A chave para isso, diz a fabricante, é que todos os principais componen­tes do sistema – carreta hidráulica, martelo hidráulico e ferramentas de perfuração – foram otimizados para o aumento de escala industrial do con­junto. Segundo Petri Virrankoski, pre­sidente da divisão Surface Drilling da Sandvik Mining and Rock Solutions, o Top Hammer XL é resultado de anos de estudos e estreita colaboração entre as divisões do grupo. “É a prova de que a sustentabilidade e a produtividade po­dem caminhar juntas”, diz ele.

Segundo o gerente de desenvolvi­mento de negócios da Sandvik, Micha­el Forrest, o mercado já vinha há al­gum tempo pedindo algo como o Top Hammer XL. “Vimos uma necessidade clara no mercado de um sistema de perfuração que pudesse complementar a perfuração de furos acima de 140 mm”, diz Forrest. “A ideia é dar mais flexibilidade aos nossos clientes.”


DINÂMICA
Com a missão de atender às expec­tativas, o novo sistema inclui a carre­ta hidráulica de perfuração Pantera DP1600i (disponível com versões de motor Tier 3 e Stage V), o martelo hi­dráulico RD1840C (com potência de 49 kW) e as ferramentas de perfuração de rocha LT90 (com novas hastes MF, além de punho e bits de perfuração).

Novidades da marca, todos os com­ponentes foram projetados e produzi­dos em Sandviken (Suécia) e Tampere (Finlândia), passando por diversos tes­tes em condições desafiadoras.

A carreta de perfuração Pantera DP1600i, ressalta Jukka Siltanen, ge­rente de produtos da linha Rock Drills da empresa, foi projetada especial­mente para perfuração de grandes diâmetros, sendo adequada para per­furação de produção em pedreiras de grande porte ou mineração a céu aber­to. “Todos os componentes usados na série Pantera DPi são testados e com­provados em diferentes temperaturas e ambientes ao longo dos anos”, asse­gura o executivo.

Outro destaque do sistema, o novo martelo hidráulico RD1840C também é específico para perfuração de furos de grande diâmetro. A tecnologia de pistão longo, explica Siltanen, gera energia de alto impacto com forma de pulso ideal, o que otimiza o desempe­nho em furos grandes, sem compro­meter a vida útil das ferramentas de rocha. “Como opção adicional, o mar­telo hidráulico RD1840C em breve es­tará disponível com o sistema de mo­nitoramento de tensão da ferramenta ‘Sandvik RockPulse’, que oferece ao operador de perfuração dados de me­dição em tempo real em três parâme­tros-chave de perfuração: resposta da broca, carga das ferramentas e nível de alimentação”, destaca o especialista, antecipando que a novidade deve che­gar ainda este ano.

Os componentes também são super­dimensionados, o que garante maior vida útil que os itens padrão. “São oti­mizados para trabalhar juntos perfei­tamente, para resultados excepcionais e a melhor dinâmica de perfuração, com furos mais retilíneos e maior vida útil para toda a coluna”, diz ele.


COMPONENTES
Segundo Fredrik Björk, gerente de produto para a linha de ferramentas Top Hammer da Sandvik, o adaptador de haste da linha LT90 é produzido em aço de alta qualidade. “Foi projetado para uma transferência de energia ide­al do pistão para a coluna de perfura­ção”, conta.

Por sua vez, os bits de 140 a 178 mm podem ser fornecidos com classes de metal duro padrão ou em PowerCarbi­de, dependendo da formação rochosa. Já as novas hastes MF foram desenvol­vidas para transmitir ondas de choque mais potentes, com o mínimo de perda de energia. “A onda de estresse no novo sistema Top Hammer XL é diferente de qualquer perfuratriz anterior”, retoma Siltanen. “Tivemos de fazer um siste­ma de rosca que pudesse transferir essa onda de estresse com a menor perda possível de energia.”

Como desafio, ele continua, o desen­volvimento de um sistema de grande porte como esse exigiu redesenhar totalmente a rosca, para permitir a perfuração em diâmetros maiores. “O novo design, agora com sistema de rosca de dupla entrada, permite acoplamento mais rápido e aperfeiçoado das hastes, com menor tempo de cho­calho”, finaliza Siltanen.


Saiba mais:
Sandvik: www.home.sandvik/br